Tags

, ,

O legal de ter passado quase 1 mës nos EUA é voltar pro Brasil e continuar me sentindo turista. Ver o próprio habitat como um lugar a ser explorado te leva a pensar que poderia aproveitar muito mais da vida, basta ter outro ponto de vista. Tenho feito isso em São Paulo, e nesse último fim de semana, em Guarujá.

Não é a Miami Beach brasileira, pois aqui prevalesce a classe média, turistas brasileiros, e farofeiros. Desisti de vir pela balsa, apesar de meus filhos gostarem, é muito mais lento. Perco meia hora a mais cruzando toda a orla de Santos, e normalmente quero chegar logo pra ir pra praia.

No inverno, em Pitangueiras, a sombra causada pelos prédios acaba com todo o sol antes mesmo das 16 horas, então tem que chegar cedo. Nesse domingão as crianças adoraram, encontraram um casal de irmãos Luiza e Bruno (que coincidência!) e brincaram “a valer”.