Tags

, , , ,

Cláudio e Dennis na Best Buy

Cláudio e Dennis na Best Buy

Depois das conferências eu fui com o Claudio das Lojas Renner fazer uma comprinha básica: um telefone. Na verdade eu só precisava de uma linha, mas o telefone com linha custa apenas U$ 19.00 então vamos lá. Bem que o Varon havia me dito que o Gophone era uma moleza. Anote aí meu número, e se você quiser ligar pra mim, recomendo que faça via Skype, muito mais barato do que ligar do Brasil.

Ligue djá:

305-903-4570

Nessa BestBuy tinha uma área de instrumentos musicais, com uma situação até então inédita por aqui: não tinha ninguém pra atender. Porém isso não era um problema, pois todos os teclados estavam ligados com amplificadores, tudo funcionando. Não precisava que o atendente ligasse nada para você testar os instrumentos. Simplesmente fiquei meia hora tocando vários novos com sons muito bons. Mas me deliciei mesmo nas baterias eletrônicas. Haviam seis delas montadinhas, com baquetas e fones de ouvido de alta qualidade. A que eu mais toquei foi uma Roland, confira. Por apenas U$ 1 mil já daria pra ter um verdadeiro estúdio digital em casa, bom demais.

No fim do dia juntamos o pessoal da Atento, Citibank e Banco Azteca e fomos a um restaurante, que de tão fraquinho não vou nem dar detalhes. Só digo uma coisa: meu instinto não falha. Quando cheguei já vi que era cheio de gente chata, com ar condicionado no máximo em uma cidade com clima quente, mas que tem um clima muito agradável e gostoso à noite. Fora que o pessoal só falava de trabalho, até eu, sem noção, as 11 da noite já não aguentava mais. Na hora de ir embora encontrei a turma que organiza o evento em um bar ao ar livre, logo ao lado (muuito melhor) e me juntei a eles em minha primeira e última cerveja da noite.

Garçon gringo não sabe nem fazer uma foto!

Garçon gringo não sabe nem fazer uma foto (ou foi a Bud que eu bebi?)!